Cavalgada em SC acontecerá apesar dos protestos

           

 Ione Ramalho de Araujo
ione-ramalho@hotmail.com

Em virtude das manifestações contrárias a realização da “Cavalgada da Morte” em Nova Trento, SC, com o envio de milhares de e-mails às autoridades, estas promoveram uma reunião e, pasmem, decidiram pela realização da Cavalgada. O Estado de Santa Catarina, através das instituições, referendou as demonstrações de fé à custa do sofrimento alheio e dará todo o apoio com o dinheiro público.

Por meio da formalização de um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta (TAC), lavrado no dia 19/08/2010 e assinado pela CIDASC (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agropecuário de SC), Polícias Militar e Civil e o Ministério Público Estadual autorizaram a ABRACAMP (Associação Beneficente Recreativa Amigos e Cavaleiros de Madre Paulina), promotora da 18ª Cavalgada da Morte nos Caminhos de Santa Paulina, por intermédio de seus organizadores, a realizarem a judiação de cavalos se cumprirem três obrigações (aberrações):
 
1 – Providenciar as devidas licenças (o que já é obrigatório); 

2 – Dispor de um caminhão para recolher os cavalos mortos e feridos durante o trecho;

3 – Divulgar o teor do TAC na imprensa para que todo mundo fique sabendo da conivência do poder público.
 
A partir daí, estão autorizados a promover a barbárie, sob os olhares das instituições públicas como Polícia Militar, Polícia Civil, CIDASC e MP que deverão fornecer todas as licenças e o apoio operacional para a realização do evento. A bebedeira estará liberada durante todo o evento, porém os organizadores devem orientar os embriagados que evitem jogar as latinhas no trajeto, a fim de evitar poluição ambiental (todos irão obedecer). O veterinário contratado pelos organizadores, caso seja solicitado pelo cavaleiro embriagado, relatando que seu animal está à beira da morte pela exaustão física ou psicológica, deverá fazer o possível e o impossível para que o bicho não morra. As Polícias Militar e Civi,l além da CIDASC, deverão fornecer todo o apoio operacional e as licenças para que o evento aconteça. 

Interesses econômicos e políticos se sobrepuseram sobre os valores fundamentais, como o da compaixão ensinada por Santa Paulina. A fé será manifestada com exemplos de maldade e desrespeito à vida, com a submissão dos animais à tortura. Tudo isso irá acontecer em Santa Catarina/Brasil, na cidade de Nova Trento, sob os olhares do Estado, que disporá de toda sua estrutura, através das instituições de segurança e sanitária animal, que muitas vezes o cidadão não encontra quando solicita. Omisso ou ingenuamente, o Estado acredita que cinco mil seres racionais cavalgando sobre cinco mil seres irracionais, ou vice-versa, durante 30 quilômetros vão respeitar as regras impostas, depois de estarem sob efeito de álcool. 

Repúdio total! Nunca mais visitem Santa Catarina nem a cidade de Nova Trento. 

Envie mensagem para 

 – Cidasc Itajaí
 – Cidasc Central
 – Polícia Militar em Nova Trento
 – Polícia Ambiental de SC
 – Delegacia de Polícia de Nova Trento
 – Delegacia Regional de Polícia – Brusque
e outros órgãos

 
E-mails (copie e cole): cmtg@pm.sc.gov.br; subcmtg@pm.sc.gov.br; 12bpmcmt@pm.sc.gov.br; 12bpm3ccmt@pm.sc.gov.br; 12bpm3cscmt@pm.sc.gov.br; 12bpm3c3p2g@pm.sc.gov.br; 12bpm3c3pcmt@pm.sc.gov.br; imprensa@novatrento.sc.gov.br; janaina@novatrento.sc.gov.br; procuradoria@novatrento.sc.gov.br; turismo@novatrento.sc.gov.br; prefeitura@novatrento.sc.gov.br; cme@mp.sc.gov.br; itajai@cidasc.sc.gov.br; seger@cidasc.sc.gov.br; 12bpm3c3p3g@pm.sc.gov.br; pmacmt@pm.sc.gov.br; pmap1ch@pm.sc.gov.br; giovanit@pc.sc.gov.br; drpbrusque@pc.sc.gov.br; sartori@matrix.com.br; otrentino@otrentino.com.br; cnbbsul4@cnbbsul4.org.br; cnbbsul4@gmail.com; redacao@diario.com.br; central@diario.com.br; fabiano.melato@diario.com.br; delegaciageral@pc.sc.gov.br; adpesc@adpesc.org.br; dpsaojoaobatista@pc.sc.gov.br; gabs@ssp.sc.gov.br; pc@ssp.sc.gov.br; corpm@ssp.sc.gov.br; ccr@mp.sc.gov.br; ceccon@mp.sc.gov.br; governadorpavan@gge.sc.gov.br; agendagov@casamilitar.sc.gov.br; ci@alesc.sc.gov.br; sargentosoares@alesc.sc.gov.br; anapaulalima@alesc.sc.gov.br; cesarjunior@alesc.sc.gov.br; dadocherem@alesc.sc.gov.br; dagomarcarneiro@alesc.sc.gov.br; rogerio@alesc.sc.gov.br; serafimvenzon@alesc.sc.gov.br;
 
Veja abaixo a mensagem enviada pelo Instituto Nina Rosa e, se desejar, use-a como modelo.


Assunto: Cavalgada da morte
 
Excelências
 
Lastimável e vergonhosa a decisão dos srs., permitindo pseudodemonstrações de fé às custas do sofrimento alheio, com a realização da Cavalgada nos Caminhos de Santa Paulina. Afrontaram a memória de Amábile Lúcia Visintainer ao permitir pela 18a vez tal atrocidade. Enalteceram a violência, o egoísmo e valores que nada tem a ver com a bondade e o amor que são os símbolos da vida de Santa Paulina. 

Deixaram-se levar pelos interesses econômicos e, como era previsível para o momento, interesses eleitoreiros. Ignoraram valores fundamentais, como o da compaixão ensinada por Santa Paulina. 

Manifestamos nosso repúdio à atitude dos senhores e à realização desta cavalgada. Que outros cidadãos também o façam, não financiando esta atrocidade e nunca mais visitando Nova Trento.

Instituto Nina Rosa – projetos por amor à vida
Organização independente sem fins lucrativos
www.institutoninarosa.org.br
Fone/fax: (11) 3868-4434 / 3868-4273

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo