Lei que permite sacrifícios e pesquisa científica com animais gera protestos em Macaé/RJ

Fernanda Vasconcelos de Santa Rosa
fvc007@ig.com.br

Passeata do PAM

Estamos lutando em Macaé contra a lei 3.430/2010, que permite que o CCZ de Macaé sacrifique os animais, doe para pesquisa científica e faça castração química.

Se antes, quando a lei não falava nada disto, os animais eram mortos de forma cruel, imagine agora.

Não consigo entender por que os governantes têm de fazer as coisas da forma mais brutal. Até então o CCZ de Macaé não castra, não promove atos positivos em favor dos animais, vem aterrorizando a vida de quem realmente ajuda os animais, doando, castrando e ajudando. Tudo isso gera uma grande propaganda negativa para o prefeito e para a cidade, e mesmo assim a população de animais abandonados cresce a cada dia. 

Toda essa violência não tem resolvido nada.

Conto com a colaboração de vocês.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com