Nova espécie de dinossauro é descoberta na China

           

Dois estudantes de doutorado realizaram o sonho de infância e descobriram uma nova espécie durante visita à China. Em 2008, o inglês Michael Pittman, da University College London, e seu colega americano Jonah Choiniere, da Universidade George Washington, estavam em uma viagem de campo pela Mongólia quando avistaram uma garra saltando para fora de um morro.


Com a ajuda do Dr. Xu Xing, do Institute of Vertebrate Paleontology & Paleoanthropology (IVPP) da China, os paleontólogos continuaram as escavações até que recuperaram o fóssil excepcionalmente bem preservado de um dinossauro carnívoro, parente do Velociraptor.


Imagem: Reprodução/ INFO Online


Chamado de Linheraptor exquisitus, ele pertence à família Dromaeosauridae e viveu no final do período Cretáceo. O local da descoberta, Wulansuhai Formation, é muito rico em fósseis e conhecido pela qualidade de seus espécimes preservados (este, por exemplo, é o quinto dromaeosaurid descoberto na região).


Com 2, 5 metros de comprimento (da cabeça à ponta da cauda) e pesando 25 kg, o Linheraptor seria rápido, um predador ágil que caçava outros dinossauros – especialmente uma versão menor, primitiva, dos tricerátops (os dinossauros chifrudos). Assim como seu parente mais famoso, o Velociraptor, o Linheraptor também possuía uma garra afiada nos pés, usada para a caça.


Foto: Reprodução/INFO Online


Acredita-se que seu corpo era coberto por uma penugem, um precursor do que seriam as penas dos pássaros modernos. O nível de detalhes do fóssil é tanto que pesquisadores estão utilizando a descoberta para melhor compreender outras espécies cujos corpos não foram tão bem preservados.


A pesquisa foi publicada este mês na revista Zootaxa.

Fonte: INFO Online








Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo