Grupo pelos direitos dos animais denuncia sete fazendas de pele, na Finlândia

           

Por Giovanna Chinellato  (da Redação)

O grupo finlandês de defesa dos animais Oikeutta Eläimille denunciou, recentemente, sete fazendas de comércio de pele para a polícia, relatando que elas violaram cinco leis do Animal Welfare Act (Ato pelo Bem-estar Animal).

No começo da semana passada, a Finnish Broadcasting Compania (companhia da mídia finlandesa) levou ao ar imagens de revirar o estômago, feitas pelo Oikeutta Eläimille em várias fazendas de pele, incluindo as denunciadas à polícia. As filmagens mostram em flagrante à violação do Animal Welfare Act.

Anne Nieminen, porta-voz do grupo, disse que as violações documentadas nas fazendas questionam a legalidade de toda a indústria da pele.

A Food Safety Authority (Evira – autoridade pela segurança alimentar), uma agência do governo engajada em quesitos de bem-estar animal, disse que existem muitas razões para suspeitar das 29 fazendas  a partir dos vídeos de violação do Ato.

Evira disse que isso ordena agências estaduais e regionais a fazer inspeções nas fazendas sem mais delongas.

Anni Sinnemäki, ministra do trabalho, disse que a campanha no site da Oiketta Eläimille deve banir as fábricas de pele na Finlândia.

O vídeo abaixo mostra os bastidores dessa indústria perversa e contém imagens altamente chocantes pelo grau da crueldade praticada contra os animais.

Fonte: News Room Finland

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo