Morre, aos 21 anos, o cachorro considerado mais velho do mundo

           

O cachorro considerado mais velho do mundo morreu nesta quinta-feira (14) aos 21 anos, informou o jornal inglês Daily Mail. Otto, um dachshund-terrier, vivia em Shrewsbury, no Reino Unido. Ele ganhou o título do Guiness Book, o livro dos recordes, em outubro de 2009. A idade equivale a 146 anos humanos.

Otto, de 21 anos, foi sacrificado no Reino Unido Foto: Reprodução Daily Mail
Otto, de 21 anos, foi sacrificado no Reino Unido Foto: Reprodução Daily Mail

Otto teve de ser sacrificado por conta de um tumor no estômago. Em entrevista ao jornal, o tutor do animal, Peter Jones, comentou com tristeza a morte do ‘melhor amigo’. “Ele dormiu na minha cama, acordou pela manhã e me deu um beijo, como sempre fazia. É devastador. Ele era como um filho. Minhas esposa ainda chora”, completou Jones.

Fonte: Correio

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo