Evite que seu animal de estimação sofra com alergias

           

Se seu animal de estimação se coça demais e você acha que é alergia, cuidado. Nem toda alergia se manifesta por coceira. Assim como os seres humanos, os bichos também podem ser alérgicos a muitas coisas, que talvez você nem imagine.

Alguns animais podem passar a vida toda com o problema sem que o tutor saiba disso. É importante tentar sempre diferenciar uma coceirinha de uma alergia séria, para garantir bem-estar ao pet.

Segundo a veterinária Fernanda Fragata, do Hospital Veterinário Sena Madureira, os sintomas mais comuns de alergia são lesões de pele, pústulas, vermelhidão (eritema), aumento de temperatura da pele e inchaço (edema).

“É importante usar xampus específicos para animais e de preferência neutros ou hipoalergênicos. Esse cuidado já evita muitas alergias”.

O veterinário Leonardo Brandão conta que as alergias podem ser por contato (dermatite de contato) ou atópica (por ingestão ou inalação)..

“É comum animais terem alergia a produtos de limpeza, como sabão em pó, cera, creolina, cândida e cloro. O local onde o animal vive, ou passa grande parte do seu tempo, tem que ser bem enxaguado depois da faxina.

Já nas alergias atópicas, os ácaros e o pólen de plantas são os principais vilões.

Comida também dá alergia

No caso das alergias causadas por alimentos, a causa é variável para cada animal. As mais comuns têm como responsáveis as proteínas, o leite e os corantes. Brandão afirma que animais alérgicos devem tomar remédio a vida inteira.

Veja as dicas dos especialistas para evitar a alergia nos bichos:

– Na hora da faxina, mantenha o pet longe. Opte por produtos mais fracos, como álcool e sabão neutro.
– Se possível, tire carpetes e tapetes de casa. É lá que se escondem os ácaros.
– Opte por xampus neutros e hipoalergênicos.
– Mantenha o bicho longe do jardim, caso ele espirre quando há contato com pólen.
– Nunca dê da sua comida para o bicho, pois ele pode ser sensível a alguns nutrientes.

Fonte: R7

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo