Chuva em São Luiz de Paraitinga, em SP, provoca morte de 80 gatos

           

A enchente de São Luiz do Paraitinga, cidade a 178 km da capital paulista, no início deste ano, afetou também os animais da cidade. Na zona rural um sítio conhecido como Canil da Alpa (Associação Luizense Protetora dos Animais), que mantinha mais de 180 cães e 80 gatos, foi atingido pelas águas durante a cheia do Rio Paraitinga, que subiu cerca de dez metros acima do nível normal. Todos os 80 gatos morreram, e 103 cães foram resgatados até o momento.

Os sobreviventes já retornaram ao sítio, onde recebem os cuidados, porém todo local ainda está sujo. Uma equipe da prefeitura fará a limpeza do local neste fim de semana.

A presidente da associação e responsável pelo canil, Eva Vilma Siqueira, explicou que o caseiro tentou o salvamento, mas o nível da água subiu muito rápido.

“A área rural foi a primeira atingida, e o caseiro não teve tempo de abrir o canil e o gatil”, disse.

Nesta quinta-feira, em uma missa campal, os moradores da cidade se emocionaram ao ver a imagem do santo padroeiro do município, São Luiz de Tolosa, resgatada dos escombros da igreja matriz. A Defesa Civil já autorizou 1.800 moradores a retornarem para as suas casas, após vistoria para checar os possíveis riscos dos imóveis. A cidade deve receber ainda hoje sete toneladas de donativos, em um caminhão da Polícia Militar que sairá de São Paulo.

Fonte: O Globo

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo