Sea Shepherd entra em confronto com baleeiro japonês

           

Por Raquel Soldera (da Redação)

Imagem: Barbara Veiga/Sea Shepherd
Imagem: Barbara Veiga/Sea Shepherd

O primeiro confronto entre os baleeiros japoneses e os defensores de baleias do Sea Shepherd ocorreu nesta segunda-feira,  dia 14 de dezembro, quando o navio holandês Steve Irwin e o baleeiro japonês Shonan Maru 2 usaram seus canhões d’água de alta pressão pela primeira vez. Tal ferramenta é utilizada como arma tanto pela polícia de choque no mundo todo quanto pelos ativistas da Sea Shepherd e seus opositores a bordo da frota baleeira japonesa rumo a Antártida.

O Shonan Maru 2 tem perseguido o Steve Irwin desde o dia 9 de dezembro, em Fremantle, na Austrália. Por volta das 14 horas desta segunda-feira (horário de Melbourne), o Steve Irwin deu a volta em um iceberg, realizou uma manobra em 8 fora da visão do Shonan Maru 2 e ressurgiu a menos de uma milha dos baleeiros japoneses, pegando-os totalmente desprevenidos.

Uma perseguição se iniciou e os japoneses ligaram dois canhões de alta pressão d’água. A tripulação do Steve Irwin respondeu imediatamente, deixando seus canhões d’água em estado de prontidão. A perseguição em alta velocidade entre o Steve Irwin e o baleeiro japonês Shonan Maru 2 durou quase duas horas, até que o Capitão Paul Watson decidiu interromper a busca e retomar o curso do Steve Irwin para a costa da Antártida.

Os baleeiros japoneses estão gastando uma enorme quantia de dinheiro para manter a frota japonesa informada da posição do navio do Sea Shepherd. Primeiro localizaram o Steve Irwin pelo ar e depois redirecionaram o curso do Shonan Maru 2 para encontrá-lo através das coordenadas informadas pelo avião. O Capitão Paul Watson precisa despistá-los para que a tripulação do navio do Sea Shepherd possa localizar a frota baleeira japonesa.

A tripulação do Steve Irwin ficou animada após o confronto.“Foi excelente assisti-los correndo como covardes quando viramos o Steve Irwin na direção deles”, disse o australiano e terceiro em comando, Vincent Hayes.

Com informações de Sea Shepherd, Ecorazzi e Instituto Sea Shepherd Brasil

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo