Cadela sofre graves ferimentos após ser arrastada por caminhonete nos EUA

           

Por Renan Vicente de Andrade       (da Redação)

Leslie Wereszczak, técnica de cuidados intensivos da Medicina Veterinária da Universidade do Tennessee cuida da cachorrinha cruelmente ferida. Foto: Reprodução Knoxnews
Leslie Wereszczak, técnica de cuidados intensivos do setor de Medicina Veterinária da Universidade do Tennessee, cuida da cachorrinha cruelmente ferida. Foto: Reprodução Knoxnews

Uma cachorrinha ficou gravemente ferida quando foi cruelmente arrastada por uma caminhonete na cidade de Knoxxville, no Tennessee (EUA).

Segundo testemunhas da crueldade, um homem estava dirigindo com uma cachorrinha amarrada na traseira de uma caminhonete S-10. Conforme o carro avançava, várias pessoas tentavam fazê-lo parar. O motorista chegou a parar algumas vezes. Ele xingou as pessoas, sacudiu e jogou a cadela no asfalto, removeu a corda da caminhonete, atirou o animal no lado do passageiro na cabine do veículo e saiu dirigindo, segundo depoimento de uma testemunha.

Autoridades encontraram a cadela abandonada ao longo de uma avenida.

A cachorrinha, uma mistura de terrier de apenas 7,5 kg – apelidada de “cadelinha marrom” pela equipe da Universidade do Tennessee de Medicina Veterinária – está com terríveis queimaduras, mas “é uma guerreira”, segundo a Dra. Patti Sura, cirurgiã de animais de pequeno porte.

Doce e resignada, a cachorrinha se recupera e seu destino ainda é incerto. Foto: Reprodução Knoxville.com
Doce e resignada, a cachorrinha se recupera e seu destino ainda é incerto. Foto: Reprodução Knoxnews

Ainda na unidade de cuidados intensivos da universidade, a cadela continua a receber medicação contra a dor e ficou sob efeitos de anestésicos enquanto suas feridas eram limpas e o tecido morto retirado, disse Sura. Ela tem mostrado uma boa recuperação e hoje comeu e ficou de pé.

“Ela é um amorzinho”, disse Sura. “Ela é a cadela mais simpática. Conquistou a todos aqui”.

A polícia acusou Jimmy Lovell, 45, por grave crueldade contra animais. Ele foi preso em vez de pagar a multa de 2.500 dólares.

Se tudo correr bem, ela deverá deixar o hospital na próxima semana. O futuro dela ainda é incerto, no entanto ela não será devolvida a Lovell.

*Com informações de Knox News

Nota da Redação:  Cruel, ignominioso, bárbaro,  sanguinário, violento… Não existem adjetivos que resumam tamanha maldade. Este homem, com alto grau de psicopatia, deve ser preso e condenado, nos rigores da lei, por este crime. Ainda bem que a justiça do Tennessee compreendeu a dimensão da violência e o prendeu.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo