Fazenda pantaneira entra em lista de áreas importantes para aves

Foto: Reprodução MS Notícias
Foto: Reprodução MS Notícias

A fazenda Nhumirim, na região pantaneira da Nhecolândia, em Corumbá-MS, acaba de ser incluída na lista de áreas importantes para conservação de aves (IBAs – Important Bird Areas) pela organização não governamental (ONG) Birdlife International.

Segundo o pesquisador da Unidade, Walfrido Tomas, especializado em fauna silvestre, a inclusão leva em conta áreas com grande diversidade de aves e que possuam informações e estudos consolidados sobre o tema no local. “As publicações sobre aves e fauna que temos produzido na fazenda Nhumirim ao longo dos anos mostram a consistência de dados e conhecimento construído em benefício da conservação das espécies”, disse.

A localização da fazenda, numa área bastante representativa da diversidade ambiental do Pantanal, com baías, salinas e rica vegetação, faz com que o local seja importante para a ocorrência das cerca de 300 espécies de aves já catalogadas, das quais muitas são migratórias, segundo Tomas.

O sistema de inclusão na lista da Birdlife leva em conta a quantidade e diversidade de espécies de aves, a existência de espécies em estado vulnerável ou ameaçadas e a quantidade e relevância de dados e conhecimento produzidos e publicados sobre o tema na área em questão.

A instituição se enquadra em critérios técnicos que indicam ocorrência de espécies globalmente ameaçadas e espécies com ocorrência restrita a um bioma ou ecossistema (nesse caso, o Pantanal). O Pantanal já tem catalogadas mais de 550 espécies de aves. Considerando toda a área da Bacia do Alto Paraguai (BAP), são mais de 800 espécies.

A Birdlife International é uma das mais respeitadas organizações dedicadas à conservação e proteção de espécies de aves e seus habitats no mundo. Seus critérios de trabalho e suas diretrizes servem de parâmetros para inclusão de espécies ameaçadas na lista da International Union for Conservation of Nature (IUCN), a mais antiga e umas das mais respeitadas ONGs voltadas para a conservação do meio ambiente no planeta.

Em 2009, a organização incluiu na lista da IUCN de espécies quase ameaçadas, o periquito tiriba-fogo (Pyrrhura devillei), que tem ocorrência registrada ao longo da Serra de Maracaju (borda leste do Pantanal) e parte da Serra da Bodoquena (borda sudeste).

“Isso aponta que se trata de uma espécie endêmica do Mato Groso do Sul e da Bacia do Alto Paraguai, o que é um caso raro em vertebrados na região”, afirma Walfrido, complementando ainda que a arara azul (Anodorhynchus hyacinthinus), ave bastante conhecida de todos os brasileiros, encontra-se em estado vulnerável na lista do Ibama e como ameaçada nos registros da IUCN.

Com Informações do MS Notícias

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com