Apreendidas 98 pontas de marfim em Camarões

           

Um total de 98 pontas de marfim foram apreendidas domingo à noite no Porto Autônomo de Limbe (PAL), 80 quilômetros a sudoeste de Doualá, a capital econômica dos Camarões.

Segundo o delegado regional das Florestas e Fauna para o Litoral, François Issola Dipanda, o carregamento foi confiscado pelos elementos das alfândegas camaronesas em Limbe.

A apreensão da carga que estava a bordo do Monica Express, um barco de pavilhão nigeriano, ocorreu durante um último controle realizado pelos elementos das alfândegas camaronesas numa altura em que o navio efetuava as últimas manobras para deixar o cais em direção a Calabar, na Nigéria.

Fontes internas da Seção Regional das Alfândegas para o Sudoeste afirmam que os proprietários desses pacotes ainda não foram identificados porque “as mercadorias” não figuram no manifesto da viagem.

As 98 pontas de marfim apreendidas pesam cerca de 500 quilogramas e corresponderiam a 49 elefantes abatidos por caçadores furtivos.

Os Camarões, com as suas vastas áreas de floresta e de savana, apresentam-se como uma placa giratória do tráfico das pontas de marfim em África.

Na noite de 21 de setembro último, dois traficantes a bordo de um caminhão foram interpelados pela Polícia em Doualá com 283 pontas de marfim (cerca de 996,55 quilos).

Nos Camarões, a caça, o abate e o comércio de presas de elefantes estão proibidos.

Fonte: Panapress

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo