Centro italiano socorre tartarugas em risco de extinção

O Centro de Educação ao Ambiente Marinho (Ceam), da cidade italiana de Isola di Capo Rizzuto, socorreu e devolveu ao mar Jônio cinco tartarugas da espécie Caretta caretta, que corre risco de extinção.

Desde janeiro, o instituto já resgatou e tratou de 20 tartarugas. Todas, antes de serem devolvidas ao seu habitat, são marcadas com uma etiqueta para fins científicos. 

“Quero cumprimentar a todos os colaboradores pelo trabalho que desenvolvem continuamente com sacrifício, empenho e dedicação, entre tantas dificuldades”, disse Crotone Gianluca Bruno, vice-presidente da província de Cretone, na região da Calábria, onde fica Isola di Capo Rizzuto.

Bruno também ressaltou que “o esforço da administração” local será destinado à “implementação das diversas atividades” em prol dos animais aquáticos, “visando operar com o Ministério do Meio Ambiente”.

A espécie Caretta caretta é tutelada pela Convenção de Washington sobre o Comércio Internacional das Espécies de Fauna e Flora Selvagens ameaçadas de Extinção.

Fonte: Agência ANSA

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com