Homem é condenado por esfaquear peixe de estimação da ex-namorada

           

O norte-americano Donald Earl Fite III, de 27 anos, foi condenado a dois anos de liberdade condicional em Portland, no estado do Oregon (EUA), acusado de esfaquear o peixe de estimação da ex-namorada, segundo reportagem do jornal The Oregonian.

Ele também passará por uma avaliação psicológica e terá de cumprir 80 horas de serviços comunitários, além de pagar uma multa US$ 617.

O advogado de Donald Earl Fite III, que não tinha antecedentes criminais, disse que seu cliente estava “envergonhado” por ter esfaqueado o peixe da ex-namorada Sarah Harris.

Donald Earl Fite III foi condenado a dois anos de condicional por esfaquear o peixe de estimação da ex-namorada. (Foto: AP)
Donald Earl Fite III foi condenado a dois anos de condicional por esfaquear o peixe de estimação da ex-namorada. (Foto: AP)

Sarah contou que havia rompido o namoro com Fite, mas ele retornou ao seu apartamento, localizado na East Burnside Street, em Portland, no dia 25 de julho, tentando reatar a relação.

Após a jovem se recusar a reatar o namoro, Fite a agrediu e fugiu. Em seguida, Sarah saiu de casa e foi até um telefone público para chamar a polícia. No entanto, quando retornou ao apartamento com um policial, ela levou um susto ao descobrir que seu peixe tinha sido esfaqueado.

“Eu comecei a chorar histericamente”, disse Sarah, que não compareceu à audiência, em entrevista ao jornal. Ela contou ainda que o peixe tinha sido um presente do ex-namorado, que admitiu que matou o peixe por vingança.

Fonte: G1

Nota da Redação: Mais uma vez, um animal é vítima do homem, que não o respeita como ser senciente e sujeito de direitos. Confinar peixes em aquários já é uma violência, mas o ser humano consegue sempre se renovar em sua capacidade de praticar maldades. Duplamente lamentável.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo