Motoristas estão abandonando animais na rodovia SP-304 em Piracicaba

           

Moradores da região do Parque Piracicaba (conhecido popularmente como Parque da Balbo) reclamam que os motoristas estão parando e abandonando os cães na rodovia SP-304 (que liga Piracicaba a São Pedro, interior de São Paulo). Muitos animais acabam atropelados ou andam pelo bairro doentes e passando fome. Segundo a moradora Regina dos Santos, a situação tem se intensificado nas últimas semanas, principalmente em trecho próximo à igreja do Divino Pai Eterno, localizada praticamente às margens da rodovia.

“Os cães são largados por aí como se não fossem nada”, diz, revoltada. “Eles são jogados às traças, para passar fome e transmitir doenças”, completa. Segundo Regina, os cachorros geralmente são soltos à beira da estrada e, muitos deles acabam nem chegando ao bairro. “É preciso fazer alguma coisa para que estes animais não se tornem um problema de saúde pública localizado aqui nesta região. São muitos cães soltos”, comenta.

Jaílson de Souza observa que alguns cachorros acabam sendo adotados por moradores do local. “Tem um amigo meu que pegou um por dó do cão”, informa. Mas, “não tem tanta gente assim para ficar pegando animal de rua”. Souza assinala que a solução é repreender quem for pego destratando os cachorros ou jogando-os no meio de uma rodovia. “Isso é uma atitude muito desumana, não pode continuar sendo feita”.

Outro morador, que preferiu não se identificar, destaca que os cachorros geralmente são soltos à noite, para dificultar a identificação das pessoas que colocam os animais na rua. Ele disse que já chegou a xingar uma pessoa que soltou um cachorro, mas que pouco adiantou. “A gente aqui acaba só sofrendo com a situação”, afirma.

Região
Uma moradora da região do Grank Park falou que a situação é idêntica em toda região – e não apenas no Parque Piracicaba. “O pessoal está soltando os cachorros na pista. Alguns atravessam e vão para um lado. Outros vão para o outro. No final, toda região acaba arcando com o mesmo problema”, aponta. Os moradores entendem que os motoristas devem se conscientizar da falta de humanidade do ato de abandonar um cão no meio da rodovia e, ao mesmo tempo, pedem por fiscalização para que animais de rua não se tornem um problema de saúde pública local. “A verdade é que há problemas sérios por conta da existência destes animais soltos pelas ruas. O maior problema está relacionado às fezes dos cachorros, que acabam trazendo problemas de saneamento básico”, comenta Luís da Silva, outro morador da região do Gran Park.

Castração
Os defensores de animais entendem que a castração é a única saída correta para acabar com o problema do abandono e do excesso populacional dos animais de rua. Para que a medida seja ainda mais eficaz, as pessoas devem ter consciência dos ganhos obtidos pelo processo de castração.

Os cachorros ficarão livres de várias doenças e terá uma vida muito mais longa e saudável. A castração previne contra câncer de mama e útero nas fêmeas, principal causa de morte em cadelas adultas e o câncer de próstata nos machos. Ela ainda impede fugas e atropelamentos de machos que fogem atrás de fêmeas no cio: 90% dos animais que se extraviam não são castrados. “Os mutirões de castração deveriam ser patrocinados pelo poder público. Mas, esta é uma situação ainda ilusória aqui em Piracicaba e em toda região”, diz Andressa da Silva, militante da causa ambiental. “São poucas as cidades com este tipo de consciência, infelizmente”.

Encontrados em carrinho de bebê
A equipe do 1º Sargento Alecsander, do Corpo de Bombeiros de Piracicaba (localizado no posto da avenida Independencia) atendeu solicitação de abandono e maus tratos de animais nas proximidades do quartel na madrugada desta quinta-feira. “A ocorrência durou toda noite”, comenta o sargento Alecsander da Silva.

“Foi uma noite muito fria e chuvosa e nós recolhemos sete filhotes de cachorros”, informa o sargento.

O mais impressionante da história é que os filhotes que foram abandonados estavam ao relento e dentro de um carrinho de bebê. Segundo o Corpo de Bombeiros, o carrinho com os cachorrinhos foi encontrado por integrantes da corporação que atenderam à denúncia anônima, feita per telefone.

“Nós cuidamos dos filhotes durante toda noite”, continua o sargento Alecsander, do Corpo de Bombeiros (os cuidados incluíram aquecimento e leite para os animais abandonados). Pela manhã desta quinta-feira (ontem), os cães foram encaminhados ao Canil Municipal. Os sete cachorrinhos agora podem ser encontrados no canil, que fica nas instalações do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses de Piracicaba, que está localizado na rua dos Mandis, sem número).

Fonte:  Gazeta de Piracicaba

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo