Leão de circo em estado lastimável é apreendido no MS

           

imagem de leão de circo apreendido pelo ibamaNa manhã de hoje (4), agentes do Ibama (Instituto Brasileiro Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) apreenderam um leão que estava sendo vítima de maus-tratos em um circo.  A apreensão foi em São Gabriel do Oeste (MS), onde no circo Barnos o animal era atração principal. Segundo o promotor de justiça, Alexandre Magno Lacerda, o animal encontra-se em estado lastimável.

“É uma pena que o leão esteja naquela situação, ele está muito magro e apresentava diarreia”, relata o promotor. “E ainda, o animal, que tem dois metros e meio, está confinado a um espaço de dois por três”.

Segundo o promotor, os proprietários do circo apresentaram uma documentação do animal fornecida pelo Ibama de Rondônia em 2000, contudo, segundo avaliação veterinária, ele não tem mais de oito anos. “Deve ser outro leão”, conclui.

Há poucos dias, durante uma apresentação em Rio Verde, o circo foi multado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) em cerca de R$ 3 mil, por falta de documentação.

Lacerda ressalta que os documentos apresentados serão investigados quanto a sua autenticidade. “Um licença destas tem de ser assinada por um superintendente, mas a que foi apresentada leva a assinatura de um servidor comum”, aponta.

De acordo com o promotor, o leão será trazido para o Cras (Centro de Recuperação de Animais Silvestres) em Campo Grande.

Uma entidade de São Gabriel vai ajudar nas despesas no animal. Enquanto isso, o Ministério Público e a Associação de Bem-estar Animal Abrigo dos Bichos vão tentar encontra um lugar definitivo para o leão, já que no Cras há oito onças-pardas e não existe mais lugar adequado para se manter grandes felinos.

Fonte:  Campo Grande News

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo