Projeto que defende direitos animais desaparece em Marataízes (ES)

           

Foi o que aconteceu com o Projeto instituindo o Código de Defesa e Proteção dos Animais de Marataízes. Tendo como autor do projeto o então vereador professor Cléber Bento (PSB), foi votado e aprovado por unanimidade no final de dezembro de 2008.

O Processo do DDPAM de número1408 de 07/07 tramitou na Casa de Lei, que recebeu o autógrafo de número 046/07 e foi aprovado como lei 1083.

A peregrinação começou em março, quando a diretora da Associação de Proteção aos Animais de Marataízes (APAMAR), professora Gleici da Rocha Brumana, foi requerer o projeto de lei já mencionado, na Câmara de Vereadores Local. “Fui muito bem recebida pelas funcionárias da Câmara, mas, para o espanto de ambas, o Projeto de Lei que disciplina no município os maus-tratos aos animais, carroceiro, circo e outras formas de tratamento cruel simplesmente sumiu. A funcionária disse que não sabe se o desaparecimento se deve à mudança de local ou quando encaminhado para a aprovação do prefeito”, relatou.

“Essa lei é fundamental para a APAMAR se respaldar quando se deparar com maus-tratos aos animais, que está se tornando uma prática comum aqui”, garante Gleici da Rocha. Quando procurado nos anais, aparece um projeto de lei de rua do vereador Cezinha.

A professora ressalta que a funcionária comentou não ser comum a vinda de pessoas para requerer projetos de lei e, como o acontecido, podem existir outros problemas iguais.

Fonte: Maratimba

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo