Tamanduá-bandeira é capturado na pista do aeroporto

           

O Corpo de Bombeiros foi acionado para o atendimento de uma ocorrência de recolhimento de um tamanduá-bandeira, na última sexta-feira (22), por volta das 18h10, no aeroporto de Araxá.

De acordo com a ocorrência, o animal estava próximo à pista de pouso e decolagem e foi encontrado pelos funcionários do local. O animal foi capturado e devolvido ao seu habitat natural.

O Corpo de Bombeiros registrou várias ocorrências de acidentes com moto no último fim de semana. O mais grave aconteceu no sábado (23), por volta das 23h, na BR-146, próximo ao km 142. Após queda, o condutor, 39 anos, ficou inconsciente e o passageiro, 18, estava com suspeita de fratura na clavícula.

Eles foram imobilizados e encaminhados ao Pronto Atendimento Municipal (PAM), onde foram deixados sob cuidados médicos. A Polícia Rodoviária Federal também compareceu ao local. Os demais acidentes aconteceram no perímetro urbano, todas as vítimas com ferimentos leves.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para o atendimento de uma ocorrência de salvamento neste sábado (23), por volta das 15h15, na rua Padre José Zorzal, bairro Mangueira. Um trabalhador de uma empresa de pavimentação deixou seus óculos de proteção cair dentro de um bueiro com aproximadamente 3 metros de profundidade. Ele entrou no local para resgatar o objeto e desmaiou, provavelmente por causa do efeito dos gases na tubulação.

Os bombeiros utilizaram cordas para retirar o trabalhador. Logo após, ele foi imobilizado e conduzido à Santa Casa, ficando sob cuidados médicos.

Fonte: Diário de Araxá

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo