Instituto Estadual do Ambiente investiga mortandade de peixes

           

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) vem monitorando a região de Mangaratiba desde o último sábado, a partir de denúncias encaminhadas ao disque Ambiente (2332-4604). Na segunda-feira (25/5), os técnicos sobrevoaram toda a região e constataram uma mortandade de peixes. Até o momento análises indicam a presença de formações algais dos gêneros Chaetoceros e Pseudo-nitzschia (diatomáceas) e Karenia (dinoflagelado), que podem estar relacionadas ao problema, mas os exames ainda não são suficientemente conclusivos. Novas análises da água da região continuarão a ser feitas até que se possa concluir se há alguma relação entre a proliferação das algas e a morte de peixes.

Fonte: SRZD

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo