Entidades e Prefeitura de Bento Gonçalves (RS) discutem a construção do Centro de Zoonoses

           

Representantes da Associação Protetora dos Animais de Bento Gonçalves (APABG), clínicas veterinárias e o setor de vigilância ambiental se reuniram para discutirem a necessidade de implantação de um centro de controle de zoonoses no município. A preocupação dos voluntários da APABG, de que, ao longo do tempo, o serviço se transforme num “depósito de animais abandonados” ou até mesmo um “centro de extermínio” de animais, motivou o encontro para esclarecer dúvidas dos voluntários, segundo informa a coordenadora do setor de vigilância ambiental, Analiz Zattera.

Ao final do encontro, ficou acordado que serão realizadas novas reuniões que devem culminar com uma audiência pública para discutir a forma de atuação e de controle social do Centro e como desenvolver amplas campanhas publicitárias para conscientização da população quanto aos riscos de doenças. Segundo Analiz, a campanha será desencadeada em parceria com as entidades protetoras dos animais.

A Apabg defende a criação de campanhas educativas, evitando a procriação descontrolada de animais e desestimulando a comercialização de filhotes. No lugar da compra, a Associação quer incentivar a adoção de animais abandonados. Para os voluntários da APABG, as verbas públicas precisam ser direcionadas para esterilização, vacinação e tratamento dos animais.

Fonte: Jornal Gazeta

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo