Tubarão-elefante passa inverno no Caribe, diz pesquisa

           

Depois de meio século de pesquisas, cientistas finalmente descobriram o que acontece com o segundo maior tubarão do mundo (só é menor que o tubarão-baleia) no inverno: ele se refugia no Caribe. O tubarão-elefante (Cetorhinus maximus) pode atingir 10 metros de comprimento e pesar cerca de três toneladas.
‘O paradeiro do animal no inverno era um mistério. Alguns pensavam que ele hibernava no fundo do mar, mesmo que hibernar não seja muito característico de tubarões’, disse o biólogo Greg Skomal, autor do estudo publicado esta semana e membro de uma entidade especializada em peixes marinhos, em Massachusetts, Estados Unidos.
Segundo a revista Wired, Skomal identificou os animais gigantes na costa do estado norte-americano e os acompanhou via satélite até descobrir que o Caribe era o destino deles – mas muitos seguiam mais longe, até a costa brasileira, e geralmente permaneciam em grandes profundidades. A razão pela qual os tubarões-elefante escolhem esse caminho ainda não foi explicada, mas a crença é de que a viagem esteja relacionada à reprodução dos animais, inclusive porque na região estariam mais livres de predadores. ‘Nunca se viu um bebê de tubarão-elefante ou uma fêmea grávida, então é provável que esse sumiço no inverno tenha relação com isso’, afirma o pesquisador.
As conclusões do estudo são importantes para a conservação da espécie, alvo de caçadores por ser sua carne muito apreciada pela culinária oriental. Os tubarões-elefante alimentam-se por filtração, ingerindo basicamente plâncton e ovos de peixes.
Fonte: Globo Rural

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo