Filhote de beija-flor se instala em casa e ganha alimento na ‘boca’ em SP

Uma instrutora de ioga de São Carlos, a 232 km de São Paulo, abriga um filhote de beija-flor há dez dias em sua casa. A pequena ave foi encontrada na garagem, com a asa machucada. A professora adaptou um de seus cômodos e criou um novo habitat para o pássaro.
 Sylvia Scrocco alimenta o filhote, que já se sente a vontade no local, várias vezes ao dia. Ela faz o papel de mãe, mas não precisa mais ter dedicação integral. A verdadeira mãe do filhote conseguiu encontrá-lo, e também apareceu na casa. “Ter um beija-flor dentro de casa é muita boa sorte. Dá uma sensação de paz”, afirmou ela.
O diretor do Parque Ecológico de São Carlos explica o reencontro. Ele só foi possível graças a um som que a ave emite, quase imperceptível para os seres humanos. “O beija-flor tem uma vocalização muito forte. Esse infrasom é ouvido pela mãe, mesmo fora da casa, e ela tentou de todas as formas ir ao encontro do filhote”, explicou Fernando Magnani.
A presença da mãe do filhote agora é constante. Do lado de fora, ela vigia a janela. Do lado de dentro, o filhote parece ansioso e faminto, até receber o alimento.
Fonte: G1

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com